x

Olá, bem-vindo :)

Olá, posso te ajudar?

 

Perguntas Frequentes

A CondCred é uma instituição financeira?


Não somos uma instituição financeira e não realizamos operações de crédito diretamente. Intermediamos operações de crédito junto a instituições financeiras parceiras autorizadas e regulamentadas pelo Banco Central.




Qual garantia é necessária para obter crédito ao condomínio?


Nenhuma! O crédito é realizado para o CNPJ do condomínio e o sindico assina o contrato como representante legal.




Quem assina o contrato?


O Contrato é uma cédula de crédito bancário, documento utilizado pelo mercado financeiro para prover empréstimo e é assinado pelo representante legal do condomínio (síndico) e a financeira.




Por que as taxas da CondCred são melhores que as taxas dos bancos?


A CondCred oferece um serviço diferenciado e especializado em condomínios. Todo o processo é feito pensando em atender o condomínio de uma maneira sem burocracia, transparente, rápida e que viabilize as necessidades. Conseguimos oferecer melhores taxas pois os bancos em função da regulamentação e custos operacionais entre outros fatores, acabam repassando esses custos aos clientes, tornando o spread bancário mais alto e consecutivamente, taxas mais altas.




Por que a maioria dos bancos não emprestam dinheiro ao condomínio?


A maioria dos bancos não oferecem linhas de crédito para condomínios por se tratar de uma instituição sui generis e sem fins lucrativos e os poucos bancos que oferecem, obrigatoriamente o condomínio deve possuir conta corrente na própria instituição e eventualmente adquirir produtos como seguros ou produtos de capitalização para viabilizar o empréstimo.




Conseguimos empréstimo no banco e solicitam avalista ou garantia, o que isso significa?


O síndico bem como conselheiros passam a ser o devedor-solidário da dívida caso o condomínio não honre os pagamentos das parcelas do empréstimo. - O Devedor-solidário não só assina o termo do empréstimo, o fiador(a) está assumindo uma promessa que pagará o saldo ou as parcelas do empréstimo que não puder serem pagas. - O Devedor-solidário, em geral precisa ter uma renda alta ou é obrigado a fornecer uma garantia real, normalmente uma propriedade ou outros ativos de valor que o banco possa vender para recuperar o dinheiro financiado no caso de haver inadimplência.




Os condôminos podem emprestar dinheiro ao condomínio com juros?


De acordo com a legislação brasileira, instituições não financeiras (pessoas físicas ou jurídicas) podem estabelecer contratos de mutuo de empréstimo com taxas de até duas vezes o valor da taxa legal (no caso, Selic). De acordo com o decreto 22.626, chamado de Lei de Usura, que dispôs em seu art. 1o: “Art. 1o - É vedado, e será punido nos termos desta lei, estipular em quaisquer contratos taxas de juros superiores ao dobro da taxa legal”. Pessoas físicas e jurídicas (e que não são instituições financeiras) que utilizarem contratos de mutuo com taxas superiores as estabelecidas pela legislação brasileira incorrem em crimes contra a economia popular. Para efeitos tributários, as partes envolvidas no contrato de mutuo equipara-se à aplicação financeira de renda fixa (Lei no 8.981/1995, art. 65). Assim, há incidência de IR e IOF.




Como funciona para solicitar o crédito ao condomínio?


Solicite uma simulação pelo nosso site e o nosso especialista lhe informará os detalhes! É bem simples e rápido.